Os passageiros da Linha 10-Turquesa da Companhia do Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) que liga a Estação Brás à Estação Rio Grande da Serra estão com medo da ação de ladrões, principalmente quem segue até a Estação Utinga, em Santo André, região do ABC.

Somente no primeiro semestre foram três arrastões no ramal confirmados pela CPTM. São bandidos armados que agem dentro dos trens e levam os pertences dos passageiros.

Segundo a CPTM, nos seis primeiros meses ocorreram oito roubos nas linhas 7-Rubi, 10-Turquesa, 11-Coral e 12-Safira. Em 2017, a empresa registrou cinco roubos no sistema.

Em nota, a CPTM informou que a segurança foi reforçada na Estação Utinga, com agentes armados. Além disso, a companhia informou que todo o sistema possui 1,3 mil agentes de segurança e vigilantes terceirizados, que fazem ronda durante o dia e à noite nos trens e nas estações. Os agentes podem estar uniformizados ou à paisana.

A Gerência de Segurança informou que possui Central de Monitoramento, que acompanha as imagens das estações em tempo real, por 24 horas, com aproximadamente oito mil câmeras instadas em todas estações.

Quanto aos assaltos, a CPTM informou que os passageiros podem denunciar atitudes suspeitas ou irregularidades por meio do SMS Denúncia, no número (11) 97150-4949. A denúncia é feita de forma anônima.

LEIA TAMBÉM

Operação Ponto Seguro da Prefeitura de Santo André reforça policiamento na estações Utinga e Prefeito Saladino da Linha 10-Turquesa da CPTM

Igor Roberto

Profissional e estudante de enfermagem, pesquisador, analista financeiro e de mídias sociais. A informação é o meu esporte!
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.